Abertas inscrições Prêmio "Para Mulheres na Ciência"

Atualizado: há 4 dias


Até o dia 30 de junho de 2022, estão abertas as inscrições para o Prêmio "Para Mulheres na Ciência". Realizado pela L´Oréal, em parceria com a UNESCO e a Academia Brasileira de Ciências, o prêmio - que este ano chega a sua 17ª edição no Brasil - tem como objetivo promover e reconhecer a participação das mulheres na Ciência, favorecendo o equilíbrio dos gêneros no cenário brasileiro.


Todo ano, na edição local, sete jovens pesquisadoras das áreas de Ciências da Vida (4), Ciências Físicas (1), Ciências Químicas (1) e Matemática (1) são contempladas com uma bolsa-auxílio de R$ 50 mil cada, para dar prosseguimento aos seus estudos. Duas pesquisadoras líderes de grupos do Programa de Oncobiologia já foram agraciadas com o "Prêmio Para Mulheres na Ciência", Lúcia Mendonça Previato (2004) e Gabriela Nestal de Moraes (2017). Saiba mais sobre as vencedoras ao final desta matéria.


De acordo com o último Relatório de Ciência da UNESCO, as mulheres representam cerca de 33% entre os pesquisadores globais. Cerca de 50% delas disseram ter sofrido assédio sexual no trabalho, e menos de 4% por cento dos Prêmios Nobel são mulheres. O Prêmio "Para Mulheres na Ciência" age em favor de mais inclusão em pesquisas e encoraja mulheres a seguirem em frente no sonho da carreira científica.


Reforçando a importância da inclusão, o programa desde 2021 ampliou o prazo de conclusão do doutorado para cientistas que são mães. Para se inscrever no Prêmio, é necessário que a candidata tenha concluído o doutorado a partir de 01/01/2014, sendo que, para mulheres com um filho, o prazo se estende por mais um ano e, para quem tem dois ou mais filhos, o prazo adicional será de dois anos. Além disso, a cientista deve ter residência estável no Brasil, desenvolver projetos de pesquisa em instituições nacionais, entre outros requisitos.


O regulamento completo e mais informações sobre o Prêmio estão disponíveis no site https://www.forwomeninscience.com/challenge/show/45.



Conheça as vencedoras do Programa de Oncobiologia



Em 2004, quando a premiação local “Para Mulheres na Ciência” ainda não havia sido estabelecida no Brasil, a bióloga Lúcia Mendonça Previato (IBCCF |UFRJ) foi a contemplada na América Latina do Prêmio L’Oréal-Unesco Awards for Women in Science, na área de Ciências da Vida. Criada em 1998, a Premiação Internacional é concedida todos os anos a cinco pesquisadoras, uma de cada continente do mundo.

Lúcia Mendonça Previato (UFRJ)


Na época, Lucia Previato foi a segunda brasileira a receber o prêmio de US$ 100 mil, por seu sucesso no entendimento da bioquímica do Trypanosoma cruzi, causador da doença de Chagas, e sua dedicação à busca de tratamento e prevenção do mal. Atualmente, como pesquisadora associada ao Programa de Oncobiologia, a bióloga lidera estudos na área da glicobiologia buscando compreender a relação entre as possíveis alterações que ocorrem na glicolisação de proteínas e lipídios, durante a progressão tumoral.



Gabriela Nestal de Moraes, pesquisadora associada ao Programa de Oncobiologia, foi uma das sete vencedoras na versão nacional do Prêmio "Para Mulheres na Ciência", no ano de 2017. Homenageada na categoria Ciências da Vida, Gabriela Nestal recebeu R$ 50 mil em prêmio por ter desenvolvido um projeto inovador sobre a resistência do organismo ao tratamento de câncer de mama.


Gabriela Nestal de Moraes (UFRJ| INCA)


O seu estudo, na época, tinha como objetivo entender por que pacientes que têm a expressão desregulada da proteína FOXK2 - que pode estar envolvida na regulação de elementos promotores virais e celulares -, são resistentes ao tratamento de quimioterapia.



Prazo de inscrição até 30 de junho


Pesquisadoras do Programa de Oncobiologia, não percam a oportunidade de se inscreverem no Prêmio "Para Mulheres na Ciência". O prazo de inscrições vai até o dia 30 de junho de 2022. Boa sorte!


Acesse o site para ler o regulamento e fazer sua inscrição: https://www.forwomeninscience.com/challenge/show/45