Russolina

RUSSOLINA BENEDETA ZINGALI

 

Cv lattes: http://lattes.cnpq.br/2050094723109880

e-mail: lzingali@bioqmed.ufrj.br 

 

Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis

Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

 

Projeto 

CÂNCER DE MAMA: IDENTIFICAÇÃO DE PROTEÍNAS RELACIONADAS COM A AGRESSIVIDADE DA DOENÇA E SUA MODULAÇÃO DA HEMOSTASIA 

 

Resumo de divulgação científica

O câncer de mama é um dos mais prevalentes entre as mulheres, sendo responsável por cerca de 25% de novos casos por anos e é a primeira causa de óbito por câncer em mulheres. Dessa forma, se faz necessário o entendimento da biologia tumoral e a busca de novas terapias que bloqueiem o crescimento e a metástase. Um dos fatores de mau prognóstico associado ao câncer e a trombose. Estudos têm mostrado que partículas liberadas pelos tumores podem estar relacionadas a estes eventos trombóticos. Logo, inibir esta via poderia ser importante na prevenção da trombose e da progressão tumoral. Estes processos de progressão tumoral envolvem diversas vias de sinalização, mas moléculas presentes no veneno de serpentes poderiam inibir essas vias e prevenir tanto a metástase quanto a trombose nesses pacientes.

 

Equipe

Ana Lucia de Oliveira Carvalho – Técnica

Augusto Vieira Magalhaes – Técnico

Jorge Eduardo Chang Estrada – Doutorando

Taissa Nunes Guerrero – Mestranda

Vanessa Sandim Siqueira – Pós-Doutoranda

Victor da Conceição David - Treinamento e Capacitação Técnica

Colaboradores

Dario Eluan Kalume – Instituto Oswaldo Cruz (FIOCRUZ)

Denise de Abreu Pereira – Instituto Nacional de Câncer (INCA)

Flavia Serra Frattani Ferreira - Faculdade de Farmácia (UFRJ)

Juliany Cola Fernandes Rodrigues – Núcleo Multidisciplinar de Pesquisa (UFRJ)

Luciana Wermelinger Serrao – Faculdade de Farmácia (UFRJ)

Maria Isabel Doria Rossi – Instituto de Ciências Biomédicas (UFRJ)

Rafael Soares Lindoso – Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (UFRJ)

Roberta Ferreira Gomes Saldanha da Gama – Instituto de Biologia Roberto Alcântara Gomes (UERJ)

Robson de Queiroz Monteiro – Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis (UFRJ)

Sandra Konig – Instituto de Ciências Biomédicas (UFRJ)

Thereza Christina Barja-Fidalgo – Instituto de Biologia Roberto Alcântara Gomes (UERJ)