UFRJ aprova concessão de título de Professora Emérita para Vivian Rumjanek

Atualizado: 2 de ago. de 2021



O Conselho Universitário da UFRJ (Consuni) aprovou, por unanimidade, a concessão do título de Professora Emérita à Drª. Vivian Rumjanek, por sua imprescindível atuação na pesquisa, ensino e extensão. A moção ocorreu em uma sessão extraordinária remota do Consuni realizada no dia 20 de abril de 2021.

Vivian Rumjanek ingressou na UFRJ em 1992, quando foi admitida por concurso público como Profª. Adjunta do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF). Em 1998, a Profª. Vivian foi aprovada como Titular do então Departamento de Bioquímica do CCS, hoje Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis, onde permanece como colaboradora até os dias atuais.

Em 2000, seu espírito pioneiro, empreendedor e agregador levou à criação do Programa de Oncobiologia da UFRJ, em parceria com a Fundação do Câncer. Idealizado de forma

pioneira por Vivian Rumjanek, com o apoio e a coordenação do Prof. Marcos Moraes, o Programa Interinstitucional de Pesquisa, Ensino e Extensão na Biologia do Câncer é um marco na associação de pesquisadores e interessados na temática do câncer.

Criado há duas décadas, o Programa de Oncobiologia reúne não só uma variedade de profissionais como diferentes instituições públicas do Estado do Rio de Janeiro.


Vivian Mary Barral Dodd Rumjanek é membro titular da Academia Brasileira de Ciências (ABC) e pesquisadora sênior do CNPq.


Por Lúcia Beatriz Torres, Jornalista de Ciência, responsável pelo núcleo de divulgação do Programa de Oncobiologia