top of page

Microbiando, a nova mania em divulgação


Microbiando, Ciência explica, Microlitros de Notícias, Filogenia da Ciência são alguns dos projetos de um grupo de jovens pesquisadores do Instituto de Microbiologia Paulo de Góes da UFRJ em parceria com a Fiocruz.



A ideia, explica Juliana Echevarria Lima, associada também ao Programa de Oncobiologia, é levar conhecimento da Microbiologia e da Imunologia para o grande público em uma linguagem acessível e divertida.


- No podcast, discutimos artigos científicos de ponta em todas as áreas da microbiologia e imunologia. Temos o quadro Microlitros de Notícias, onde nossos alunos abordam pequenas reportagens trazendo novidades. E no quadro Filogenia da Ciência, contamos um pouco sobre a vida de grandes personalidades que revolucionaram a Microbiologia e Imunologia com suas descobertas, explica.


Já são seis episódios prontos e disponíveis em aplicativos de podcasts como ITunes e Addict e no blog de divulgação. O próximo episódio é sobre vacinas, para o qual foram convidados dois pesquisadores que responderam perguntas feitas durante o Pint of science, pelo Facebook e Whatsapp


Juliana conta que no episódio intitulado "Óculos de sol, cadeira de praia e… Staphylococcus epidermidis!", os pesquisadores abordam bactérias que vivem na nossa pele e que podem produzir uma molécula que protege contra o câncer de pele.


Fazem parte da equipe, os professores Leandro Lobo, coordenador do Projeto, André Santos, Rosana Barreto, do Instituto de Microbiologia, Ana Carolina Oliveira, do Instituto de Biofísica da UFRJ, e Eduardo Volotão, da Fiocruz. E ainda o editor Sidcley Lira, ex-aluno do curso em Ciências Biológicas - Microbiologia e Imunologia e, atualmente, no mestrado na Fiocruz.


A iniciativa começou no final de 2017, conta Juliana, quando decidiram submeter o projeto no edital RUA de extensão da UFRJ. Em março deste ano, alunos de graduação e pós-graduação foram convidados para participar. A ideia era utilizar um veículo com o qual as novas gerações se identificassem mais. “Queríamos chegar a mais lugares gratuitamente e fazer um produto em língua portuguesa.


- Hoje, já temos mais de dois mil downloads, vindos do Brasil e de outros países de língua portuguesa Além disso, os alunos de graduação envolvidos são muito participativos, aprendem muito com as suas pesquisas e nos ajudam a compreender melhor o que o pessoal dessa idade quer. E o mais interessante é que nossos ouvintes estão gostando do que estamos fazendo!!



Publicado em 30/07/2018.

bottom of page