top of page

Divulgação da ciência como estratégia contra o câncer


Claudia Jurberg, jornalista de Ciência

O seminário do mês de abril fez uma retrospectiva das ações e criações do Núcleo de Divulgação do Programa de Oncobiologia da UFRJ, coordenado desde 2002 pela professora e pesquisadora Claudia Jurberg. O encontro foi apresentado pelo coordenador do programa, Robson Queiroz, por Vivian Rumjanek, coordenadora do Núcleo de Ensino, o pesquisador Eduardo Salustiano, que atuou em várias produções do Núcleo, e Rosa Maria Mattos, atual jornalista do núcleo.


A apresentação buscou mostrar diferentes fases e frentes de trabalho do núcleo de pesquisa, que iniciou focado na divulgação das pesquisas para a imprensa tradicional, fase em que procurou aproximar os pesquisadores do programa e do Centro de Ciências da Saúde da UFRJ dos jornalistas nas grandes redações. Além das matérias e notas em jornais e revistas, foi lembrado também a coluna "Nas ondas do Rádio", da CBN, com comentários do professor Franklin Rumjanek, e que chegava a públicos amplos.


Com a crise da mídia e a falta de espaço nos grandes meios de comunicação, o trabalho do núcleo procurou focar a divulgação do câncer diretamente junto à sociedade, por meios de comunicação digitais. O OncoNews, boletim interno do Programa, já conta com mais de 340 edições, e foi importante na construção da identidade do grupo. Outra iniciativa citada foi o lançamento do museu virtual Acubens, com a missão de ajudar as pessoas a conhecerem mais sobre saúde, prevenção, detecção precoce e tratamento de câncer. No âmbito do museu virtual, várias ações e campanhas foram realizadas junto ao público jovem, como concursos e jogos. Mesmo com o fim das atualizações do Museu Acubens, o Núcleo de divulgação continua seu trabalho de divulgação no Facebook, Pinterest e site, dando visibilidade às produções dos pesquisadores integrantes, em matérias, e vídeos - como a série Um minuto sobre o câncer, que só em 2018, contou com 23 vídeos inéditos, protagonizados por cientistas integrantes do Programa.


Ao longo do percurso, o núcleo de divulgação contou com a elaboração de diversos produtos audiovisuais e literários, levando a temática da prevenção ao câncer para públicos mais amplos, como a série de videoanimações em libras e audiodescrição, que tratam de temas como o câncer de pele, HPV, alimentos industrializados, consumo de álcool e cigarro. Os vídeos usam diferentes técnicas de animação, contam histórias voltadas ao público jovem, e estão disponível no canal do Programa de Oncobiologia no Youtube.


Outro produto celebrado foi o livro-jogo Encruzilhadas, em que os leitores podem fazer escolhas ao longo do texto, que decidem o fim da história. No livro, a temática da prevenção do câncer é apresentada de forma sutil e envolvente. A exposição Saudável Mente, exibida no Museu da vida e no Museu de Caxias, também foi lembrada, por sua abordagem criativa e inovadora. A exposição simula uma casa, e a partir dos objetos e cômodos, apresenta-se o tema dos riscos ao câncer e possibilidades de prevenção.


Um importante aspecto característico do trabalho do Núcleo - e da pesquisadora Claudia Jurberg - foi o contínuo trabalho de pesquisa científica, que alimentou as produções e ações ao longo dos anos, com dezenas de artigos sobre divulgação científica e comunicação do câncer publicadas em revistas nacionais e internacionais, além da orientação de alunos de iniciação científica e mestrado.


No final do seminário, a professora Claudia Jurberg recebeu flores em reconhecimento aos anos de trabalho e dedicação. Desde janeiro, Claudia não coordena mais o trabalho do Núcleo de Divulgação, e dedica-se a comunicação do Instituto Fernandes Figueira, da Fiocruz.


Por Rosa Maria Mattos, jornalista de Ciência, responsável pelo Núcleo de Divulgação do Programa de Oncobiologia.




bottom of page