top of page

Simpósio de Oncobiologia divulga lista completa dos palestrantes 2022

Atualizado: 28 de out. de 2022


Daniela Cerezo-Wallis é pesquisadora do Centro Nacional de Investigaciones Oncológicas (CNIO), na Espanha. Desenvolve pesquisas envolvendo o câncer e o sistema imunológico. É autora de um artigo publicado na revista Nature Medicine, em 2020, que descreve como o melanoma 'engana' os mecanismos de defesa do organismo e aumenta a resistência à imunoterapia. O seu objetivo de pesquisa é identificar novos alvos terapêuticos para tratar o câncer, especialmente para os tipos de câncer ricos em neutrófilos que não respondem às imunoterapias atuais.


Daniela Cerezo-Wallis

(CNIO, Espanha )


Laurence Panicot-Dubois é pesquisadora da Universidade de Aix-Marseille, na França. Co-lidera um grupo de pesquisa que está interessado em desvendar os mecanismos moleculares e celulares envolvidos na trombose e na trombose associada ao câncer. É membro do conselho editorial da revista Journal of Clinical Medicine e co-presidente do comitê científico e de padronização de “Hemostasia e malignidade” da Sociedade Internacional de Trombose e Hemostasia (ISTH).



Laurence Panicot-Dubois

(Universidade de Aix-Marseille/ França)


Kandice Tanner é pesquisadora sênior do Laboratório de Biologia Celular do Center for Cancer Research (CCR), National Institutes of Health (NIH), EUA. Sua linha de pesquisa principal tem como principal foco entender como as características físicas do microambiente tecidual determinam o tropismo das células metastáticas para um órgão específico. Para isso, seu grupo utiliza culturas celulares em ambiente 3D e ensaios in vivo com Zebrafish. Um dos objetivos da Dra. Tanner é tornar possível redirecionar células circulantes em pacientes para novos tumores, se surgirem, ocorram mais provavelmente em locais onde serão menos prejudiciais ou mais fáceis serem tratados. Dra. KandiceTanner

(NIH, EUA)

Kelly Magalhães é professora e pesquisadora da Universidade de Brasília (UnB), coordenando o Laboratório de Imunologia e Inflamação (LIMI). Tem experiência na área de Imunologia, Biologia Celular e Biologia Molecular com ênfase no entendimento dos mecanismos celulares e moleculares envolvidos na resposta inflamatória e imunológica em doenças infecciosas, nutrição, obesidade e câncer. É membro da American Association for Cancer Research (AACR) e The Obesity Society (TOS).





Dra. Kelly Magalhães

(UnB, Brasil)


Thales Papagiannakopoulos é professor do Departamento de Patologia da Universidade de Nova York (NYU). Trabalha especificamente com metabolismo de tumores de pulmão em modelos in vitro e in vivo. É especialista em desenvolver modelos in vivo (em animais) de vários tipos tumorais, a partir da técnica de CRISPR/Cas9. Através desta técnica, ele consegue desenvolver modelos de tumores em animais geneticamente modificados no laboratório para o estudo do metabolismo. Possui trabalhos relevantes na área de metabolismo de oxirredução, que é um metabolismo de espécies reativas de Dr. Thales Papagiannakopoulos oxigênio (radicais livres).

(NYU, EUA)

Martin Götte é professor do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital Universitário Münster, na Alemanha. É um renomado cientista da área de glicobiologia do câncer e sua pesquisa busca elucidar os mecanismos moleculares do câncer de mama e da endometriose, com foco na matriz extracelular, proteoglicanos, células-tronco e microRNA. Seu objetivo é adotar uma abordagem translacional, fornecendo a base para o desenvolvimento de novas terapias e ferramentas de diagnóstico não invasivas.

Dr. Martin Götte

(Hospital Universitário Münster, Alemanha)



Alvaro Monteiro é um pesquisador brasileiro radicado nos EUA, desde a segunda metade dos anos 1990. Foi um dos pioneiros no estudo e descrição do primeiro gene de suscetibilidade ao câncer de mama, BRCA1. Seu grupo foi precursor no uso de ensaios funcionais para analisar mutações no domínio BRCT de BRCA1, evoluindo para o desenvolvimento de modelos computacionais para prever o impacto dessas mutações – posteriormente, essa abordagem foi expandida para outros genes/proteínas relacionados à predisposição ao câncer.

Dr. Alvaro Monteiro

(Moffitt Cancer Center, EUA)


Atualmente, o Dr. Monteiro é pesquisador sênior no H. Lee Moffitt Cancer Center & Research Institute (Tampa, Flórida). O foco do seu grupo de pesquisa é a integração de dados epidemiológicos, genômicos e proteômicos para o entendimento do papel de variações genéticas na predisposição, desenvolvimento e tratamento do câncer. Três genes diretamente associados à predisposição do câncer de mama (entre outras formas) são objeto dessas abordagens: BRCA1, BRCA2 e PALB2.


O Simpósio de Oncobiologia é um evento anual, organizado pelo Programa de Oncobiologia, que promove palestras de renomados especialistas do Brasil e do exterior, que se dedicam ao desenvolvimento de novos tratamentos e métodos diagnósticos do câncer. Em sua programação, o evento também abre espaço para estudantes de graduação e pós-graduação apresentarem os seus trabalhos, em diferentes áreas de estudo da Biologia do Câncer, na forma oral e de pôster. O prazo de inscrição de trabalhos vai até dia 02 de outubro de 2022.


Quer saber mais novidades sobre evento? Siga o perfil @oncobio_simp no Instagram e acesse o site do evento: www.simposiooncobiologia.com.br


Por Lúcia Beatriz Torres, jornalista de Ciência, responsável pelo Núcleo de Divulgação do Programa de Oncobiologia.





bottom of page